8 de dezembro de 2016, o primeiro dia em que o Ministério da Administração Estatal (MAE), através do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) iniciou o processo de Recenseamento Eleitoral aos cidadãos timorenses que residem em Portugal. Os timorenses têm-se deslocado ao local do Recenseamento Eleitotal que funciona na Embaixada de Timor-Leste, em Portugal.
Os timorenses residentes em Portugal, incluindo os estudantes, mostram-se contentes e agradecem ao Governo de Timor-Leste, porque têm vindo a exigir o seu direito de participação nas eleições desde a primeira legislatura. Agora, pela primeira vez está a ser feito o Recenseamento no exterior, e todos já podem exercer o seu direito como cidadãos timorenses e participar na Festa da Democracia, ou seja na Eleição Geral de 2017.
Participaram no processo de recenseamento eleitoral em Portugal a Adjunta da Directora-Geral do STAE, Senhora Tulia de Andrade e equipa.